Jovem tem dificuldade em mudar jeito de ser

Intimidade indevida com chefia pode causar conflito hierárquico

   Por Maria Teresa Marques

Eles são a geração da internet. A geração da velocidade, da multinformação, da busca de desafios constantes. Produzem muito, criam muito e querem fazer a diferença na empresa.

São os jovens da chamada geração Y, que abrange os nascidos a partir de 1983. As empresas estão lidando com eles há algum tempo e os valorizam efetivamente. Mas será que esses jovens estão mesmo plenamente integrados no ambiente corporativo? Será que tudo vai bem, obrigado?

Não. Não exatamente. As qualidades dessa geração são bem conhecidas e já foram exaustivamente louvadas. Só que existem também ressalvas, particularmente quanto a questões comportamentais. E disso falam os consultores de carreiras e profissionais ligados à seleção de estágios e trainees.

   continuação…